topeeng.gif (8383 bytes)

[ Scientific Activity - Actividad Científica ] [ Discussion Forum - Foro de Discusión ]

Ateneu de Ecocardiografia

Coordenador: Dr. Ricardo Ronderos
Moderador: Dr. Jamil Mattar Valente
[ Index ]

Caso 0001: Homem de 41 anos de idade, com dor precordial
aos esforços e eletrocardiograma de esforço negativo.

Apresentador: Dr. Jamil Mattar Valente
Apresentação e discussão:
17 a 31 de março de 2000.
Resolução: 31 de março de 2000.

Paciente do sexo masculino, cor branca, 41 anos de idade. Procurou assistência médica por apresentar dor precordial desencadeada com esforços físicos (classe II, Canadian Cardiovascular Society). A dor teve início 6 meses atrás.

Foi submetido a eletrocardiograma de esforço em esteira ergométrica, o qual foi alterado por apresentar dor precordial em aperto, no pico do esforço ao final do 4º estágio do protocolo de Bruce, todavia não mostrou alterações eletrocardiográficas. Foi então solicitado um ecocardiograma de estresse com esforço o qual é apresentado nas figuras 1 e 2.

Para observar os vídeos, deve-se utilizar o Internet Explorer
Fig. 1: Corte longitudinal paraesternal esquerdo pré-esforço e imediatamente pós-esforço

Fig. 2: Corte transversal paraesternal esquerdo pré-esforço e imediatamente pós-esforço

Clique aqui para copiar os arquivos comprimidos (.zip, 404 KB)

Diante destes dados, fica aberto o espaço para opiniões sobre o ecocardiograma com estresse e conduta que deve ser seguida.

[ Envíe perguntas, opiniões e comentários (castellano - português) ao
Fórum de Discussão: echo-pcvc@pcvc.sminter.com.ar ]

 

De: Familia Londono Suarez <elondono@impsat.net.co>
Para: <echo-pcvc@pcvc.sminter.com.ar>
Asunto: Participacion discusion
Fecha: Jue, 16 Mar 2000 20:23:51 -0500
Esta paciente con la historia anotada, presenta en el estudio ecocardiografico de estres una alteracion de contractilidad
segmentaria de los tercios basal y medio de la pared anterior y el septum anterior, lo cual debe hacer sospechar una lasion de la
arteria coronaria descendente anterior proximal. Considero que con estos hallazgos el paciente debe ser estudiado mediante arteriografia coronaria para confirmar la lesion, buscar otras lesiones en otros vasos y con toda la informacion definir cual seria la conducta a seguir.
Mil gracias y felicitaciones
E Londo
************************************************************************************
From: "Guilherme Gustavo do Valle,M.D." <guilhermedovalle@uol.com.br>
To: <echo-pcvc@pcvc.sminter.com.ar>
Subject: Comentarios sobre caso apresentado pelo Dr. Jamil Valente
Date: Sat, 18 Mar 2000 13:10:32 -0300
Notamos evidente hipocinesia significativa da parede septal, poupando apenas o terco inicial desta parede no eixo longo. No eixo curto observamos que alem da parede septal, a parede anterior (neste corte visto o seu segmento medio), tambem encontra-se significativamente acometido, o que sugere acometimento significativo da arteria descendente anterior em localizacoes proximais da mesma.
Gostaria de perguntar se o exame reproduziu em algum grau o sintoma de dor precordial, que o paciente apresentava na sua historia clinica.
Gostaria de aproveitar e parabeniza-los por este tipo de iniciativa na internet, o que julgo muito oportuno.
Guilherme Gustavo do Valle, M.D.
Rua Barao do Rio Branco, 480 sala 106
Zipcode: 35010-030 Governador Valadares - MG Brazil
http://www.geocities.com/guilhermedovalle http://sites.uol.com.br/guilhermedovalle guilhermedovalle@uol.com.br
********************************************************************
De: Dr. Jamil Mattar Valente, MD, MSc
Fecha: 3-19-00
Asunto: Ateneu de ecocardiografia - Caso 1
Para: echo-pcvc@pcvc.sminter.com.ar
Respondendo `a pergunta do Dr. Guilherme Gustavo do Valle, durante o ecocardiograma de estresse o paciente apresentou a mesma dor precordial de que estava se queixando.
Cordiais saudacoes,
Jamil Mattar Valente
**********************************************************************
De: "Ecografia-FunCaCorr" <ecografia@funcacorr.com.ar>
Para: <echo-pcvc@pcvc.sminter.com.ar>
Asunto: Caso Eco 1
Fecha: Jue, 23 Mar 2000 10:04:52 -0300
En el eco stress se evidencia una aquinesia apical pequeña con el esfuerzo. Este hallazgo en un paciente sintomatico, avala la
presencia de enfermedad coronaria. El hecho de presentar sintomas a alta carga, y sin cambios electrocardiograficos, con un area de akinesia pequeña, y posiblemente sin tratamiento medico nos evidencia una angina de bajo riesgo.
Se deberia evaluar 1) Si el paciente responde a la medicacion; 2) Que tipo de actividad realiza (si es de alto riesgo Ej: piloto de avion, o conductor de colectivos) se podria tomar una conducta mas agresiva para una eventual resolucion del problema (cine coronariografia, PTCA etc.), de no tener estas actividades se lo podria medicar adecuadamente y repetir las pruebas de provocacion con medicacion completa para seguir una conducta afin segun dichos resultados.
Atentamente
Dr. Ricardo Obregon
Instituto de Cardiologia de Corrientes
************************************************************************
De: "Dr. Jamil Mattar Valente, MD, MSc" <jamil@matrix.com.br>
Para: <echo-pcvc@pcvc.sminter.com.ar>
Asunto: Ateneu de eco. Caso 1 - Continuacao
Fecha: Vie, 24 Mar 2000 01:54:26 -0300
Dando prosseguimento `a apresentacao do caso, e agradecendo pelas opinioes enviadas ate' o momento, achamos que o ecocardiograma de estresse mostrou hipocinesia transitoria da regiao antero-apical do ventriculo esquerdo, coincidindo com dor precordial tipica no pico do esforco, sugerindo isquemia de area irrigada pela arteria descendente anterior.
Decidimos por indicar uma cineangiocoronariografia, a qual mostrou um ventriculo esquerdo normal e oclusao total da arteria
descendente anterior logo apos a emergencia da primeira diagonal. Observava-se fracamente a porcao distal da descendente anterior enchendo por circulacao colateral.
Cordiais saudacoes,
Jamil Mattar Valente
Instituto de Cardiologia de Santa Catarina. Brasil
***************************************************************************

Topo

Resolução do caso

Decidiu-se por submeter o paciente a uma angioplastia transluminal percutânea com colocação de stent intracoronário. Apesar da artéria descendente anterior apresentar oclusão total de sua luz, o procedimento foi realizado com sucesso. Após o procedimento, o paciente evoluiu assintomático e seis meses depois foi submetido a um novo ecocardiograma de estresse com esforço o qual é mostrado a seguir nas figuras 3 e 4:

Para observar os vídeos, deve-se utilizar o Internet Explorer

Fig. 3: Corte longitudinal paraesternal esquerdo pré-esforço e imediatamente pós-esforço

Fig. 4: Corte transversal paraesternal esquerdo pré-esforço e imediatamente pós-esforço

 [ Envíe perguntas, opiniões e comentários (castellano - português) ao
Fórum de Discussão: echo-pcvc@pcvc.sminter.com.ar ]

Topo


© CETIFAC
Bioingeniería
UNER

Actualización
Mar/31/2000


Colabora para la realización de este Congreso:

agilent.gif (2552 bytes)