topeeng.gif (8383 bytes)

[ Scientific Activity - Actividad Científica ] [ Brief Communications - Temas Libres ]

Estudo experimental da morfometria dos núcleos dos miócitos do septo interventricular em fetos de ratas diabéticas

Menezes Honório; Martins Cristiano; Belló André; Barra Marinez; Zimmer Lúcia; Zielinsky Paulo.

Laboratório de Experimento Animal, Unidade de Pesquisa
Instituto de Cardiologia do RS
Fundação Universitária de Cardiologia
Porto Alegre, Brasil.

Abstract
Slides

Abstract
Introdução: A miocardiopatia hipertrófica, em fetos de mães diabéticas, tem sido objetos de muitas publicações; bem como a hipertrofia do septo interventricular em fetos de mãe diabéticas. O presente estudo tenta reproduzir os efeitos do diabetes materno sobre o coração do feto e avançar no conhecimento atual desta condição.
Objetivos: Este estudo experimental teve por objetivo testar a hipótese de que existe diferença na morfomentria nuclear dos miócitos do septo interventricular de fetos de mães diabéticas comparados com fetos de mães normais.
Mêtodos: O diabetes foi induzido farmacologicamente com 50 mg/kg IP de estreptozotomicina, no oitavo dia após a concepção, em 5 ratas Wistar, obtendo-se 34 fetos. Foram comparados com 37 fetos de 5 ratas normais, o grupo controle. Os dados morfométricos foram obtidos utilizando-se um método de análise de imagens computadorizado, empregado para medir o diâmetro e a área ocupada pelos núcleos dos miócitos. Para análise estatística, foram utilizados o teste t de Student eo teste de Kruskal-Wallis.
Resultados: A média da área ocupada pelos núcleos dos miócitos do septo interventricular foi de 14,70 m m2 no grupo controle e 21,43 m m2 no grupo "diabetes" (p<0,001). O diâmetro dos núcleos celulares no grupo controle foi 2,55 m m (DP = 1,24) e 4,29 m m (DP = 0,45) no grupo "diabetes" (p<0,001). Foram medidas um total de 18.799 células.
Conclusões: A diferença significante entre os dois grupos, para cada parâmetro analisado, demonstrou a presença do hipertrofia celular no coração de fetos de mães diabéticas. A partir dos dados obtidos pretende-se evoluir no conhecimento sobre a ocorrência de miocardiopatia hipertrófica através de estudos enzimáticos celulares.

Questions, contributions and commentaries to the Authors: send an e-mail message (up to 15 lines, without attachments) to heartfail-pcvc@pcvc.sminter.com.ar , written either in English, Spanish, or Portuguese.

Topo


© CETIFAC
Bioengineering
UNER
Update
Dic/02/1999