Página Inicial SCVC                                     Area: English - Español - Português

Correlação entre Factores de Risco
Cardiovascular. Da Pressão de Pulso as
Sistema Nervoso Autónomo

Freitas, J.P.; Santos, R.M.; Lima, M. J.;
Teixeira, E.; Carvalho, M.; Freitas, A. F.

Centro de Estudos da Função Autonómica, Hospital de São João e
Faculdade de Medicina do Porto, Portugal

   Novos factores de risco cardiovascular (FRC) aparecem cada dia. A pressão de pulso e a actividade do sistema nervoso autónomo (SNA) são FRC recentes que predizem a morbilidade e mortalidade dos hipertensos e doentes com cardiopatia.

   O objectivo desta investigação foi a determinação de FRC em hipertensos e a interrelação destas novas variáveis.

   Trinta doentes com hipertensão essencial não tratada (H) e trinta normotensos da mesma idade (N) realizaram MAPA de 24 horas e avaliação do SNA na posição de supino e ortostatismo passivo. A pressão de pulso (PP) foi calculada pelo MAPA (24h, dia e noite) e por Finapres® durante 10 min supino e 10 min na posição de tilt. A variabilidade da frequência cardíaca e da pressão arterial foi calculada por O ganho do baroreceptor (BR) foi calculado pela coerência espectral cruzada (index a).

   Os parâmetros hemodinâmicos foram determinados pelo método não-invasivo modelflow®aplicados a curva de pressão.

   A PP nos H no MAPA foi 53±8, 52±7 and 53±10 mmHg nas 24h, dia e noite. PP nos N no MAPA foi de 47±6, 47±5 e 47±6 mmHg nas 24h, dia e noite (p<0,01 entre H e N). O volume sistólico foi de 67±22 ml nos H e 70±13 nos N (ns). As resistências periféricas totais (RPT) foram de 2044±1185 dyn.s.cm-5 nos H e 1410±359 dyn.s.cm-5 nos N (p<0.01). Frequência cardíaca foi de 79±9, 83±9 e 72±9 bpm nas 24h, dia e noite nos H. Frequência cardíaca foi de 78±7, 83±8 e 65±7 bpm nas 24h, dia e noite nos N (p<0.01 apenas à noite). BR foi de 6.7±3.4 ms/mmHg nos H e 14.7±8.1 nos N (p<0.01). HF_RR (tonus vagal) foi de 219±181 ms2 nos H e 1493±2909 nos N (p<0.05) em supino e 85±82 ms2 nos H e 323±295 nos N (p<0.01) em stress ortostático. LF_SBP (tonus simpatico) foi de 6.1±4.4 mmHg2 nos H e 5.8±4.3 nos N (ns).

   A PP nas 24 horas teve correlação com VS (r=0,40 nos H e r=0,64 nos N). PP correlacionou-se com BR apenas nos H (r= -0,21). PP teve uma fraca correlação negativa com a actividade vagal (r= -0,14 nos H e r= -0,17 nos N) e com a actividade simpática vasomotora (r= 0,33) apenas nos H.

   Na hipertensão ligeira parece que a PP, o SNA e as RPT estão já comprometidos. Estes novos FRC tem alguma correlação, sobretudo nos doentes hipertensos. O tratamento dos hipertensos passa concomitantemente pelo controlo deste FRC.

 

Topo

Perguntas, contribuições e comentários aos autores: envie um e-mail escrito em espanhol,
português ou inglês (de até 15 linhas, sem arquivos anexados) a hbp-pcvc@fac.org.ar


2do Congresso Virtual de Cardiologia

Dr. Florencio Garófalo
Presidente Comitê Organizador
Dr. Raúl Bretal
Presidente Comitê Científico
Dr. Armando Pacher
Presidente Comitê Técnico - CETIFAC
fgaro@fac.org.ar
fgaro@satlink.com
rbretal@fac.org.ar
rbretal@netverk.com.ar
apacher@fac.org.ar
apacher@satlink.com

Copyright © 1999-2001 Federación Argentina de Cardiología
Todos los derechos reservados

 

Esta empresa colaborou para a realização do Congresso: